Dois bancos russos dizem ter sido atingidos por ciberataques.

Ataques do tipo DDoS foram comuns neste ano, diz empresa Kaspersky.
Rússia está em alerta máximo após declaração de Joe Biden, vice dos EUA.

Dois dos maiores bancos da Rússia, Sberbank e Alfa, afirmam que foram atingidos por ciberataques nos últimos dias. A empresa de cibersegurança Kaspersky Lab disse que ataques de negação de serviço (DDoS) representaram a primeira grande onda desses ataques a bancos russos neste ano e que pelo menos cinco dos maiores bancos do país foram visados.

A Rússia está em alerta máximo para ciberataques após o vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ter dito em outubro que Washington iria retaliar supostos hackers russos “no momento certo”, após o que os EUA disseram ser uma campanha de ciberataques contra organizações do partido Democrata.

A fonte dos ataques desta semana é desconhecida, no entanto, e nenhum dos dois bancos russos, ou a Kapersky, os relacionou aos comentários de Biden.

A Kapersky disse que os bancos russos são regularmente vítimas de ataques DDoS, nos quais os hackers inundam o alvo com tráfego para interromper seus sistemas de informática.

Fonte

Compartilhe essa Informação