Governo lança VLibras, um conjunto de aplicativos digitais para surdos

SSimplificar e promover o acesso à informação para 9,5 milhões de brasileiros que possuem deficiência auditiva. Este é o objetivo da Suíte VLibras, lançada hoje (5) pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP), em Brasília. As soluções digitais traduzem textos e vídeos do português para a Língua Brasileira de Sinais (Libras). A iniciativa é uma parceria do MP com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e a Câmara dos Deputados.
“Para construirmos a nossa igualdade, nós precisamos fazer com que todos que somos diferentes tenhamos oportunidades iguais. Somente desta maneira vamos construir uma sociedade mais democrática e justa”, disse o secretário-executivo do MP, Francisco Gaetani na abertura do evento. A Suíte VLibras é um conjunto de softwares públicos, desenvolvidos totalmente em código aberto. A solução pode ser baixada gratuitamente no Portal do Software Público Brasileiro (SPB).
Ao utilizar as ferramentas, os surdos reduzem as barreiras de comunicação na web. A Suíte VLibras possui atualmente um dicionário com mais de 11 mil termos, que pode ser ampliado e aperfeiçoado pela comunidade de deficientes auditivos. O conjunto de soluções públicas permite ainda a tradução de vídeos digitais para a língua de sinais pela ferramenta Vlibras-Vídeo.

“Trabalhamos por um Brasil 100% digital e isso tem que ser para todos os brasileiros. Nem todos os surdos são alfabetizados em português, o VLibras vem justamente para atender a estas pessoas, para que qualquer conteúdo disponibilizado na internet possa ser traduzido para Libras”- diz secretário de Tecnologia da Informação do MP, Cristiano Heckert.

Uma das novidades da última versão da Suíte VLibras é a WikiLibras, ferramenta que permite aos usuários colaborarem com a construção do dicionário em Libras. Com a solução, a comunidade de surdos pode ensinar o Ícaro, o avatar do VLibras, a fazer um sinal e corrigir outro que esteja errado. “Convido as pessoas com deficiência auditiva a conhecer esta ferramenta, pois ela foi construída para vocês. Nela, é possível para a comunidade contribuir com a definição novos sinais”, convocou professor e coordenador do projeto VLibras na UFPB, Tiago Maritan. Na WikiLibras, também é possível avaliar e dar nota para os sinais.

Sinais Legislativos
O trabalho de desenvolvimento de novos sinais no VLibras já conta com uma parceria com a Câmara de Deputados. O órgão cedeu servidores da TV Câmara para a inclusão de mais gestos nos softwares. “Mais de 1.200 sinais estão sendo inseridos por esta iniciativa”, disse a coordenadora do Programa de Acessibilidade da Câmara, Adriana Padula Jannuzzi, que informou ainda que o próximo passo é incluir sinais jurídicos nas ferramentas.  O VLibras também está disponível para dispositivos móveis. Os interessados em utilizar as ferramentas podem baixar os aplicativos gratuitamente na Google Play e na Apple Store.

 

AjudeCódigo Fonte